terça-feira, 13 de maio de 2014

Gravidez: Chutes na barriga da mamãe

Oi mamãe e papai!

Logo que você descobrimos que estamos grávidas, uma pergunta vem cheia de ansiedade: “como será que vou sentir o chute do meu bebê?” A impressão inicial é de pequenas ondas na barriga, semelhantes a borboletas voando. Isso acontece porque o movimento do bebê desloca o líquido amniótico, no qual ele está envolvido, e se reflete na parede uterina.

gravidez passo a passo-bebes-fotos de bebe-bebe-desenvolvimento fetal-tudo sobre gravidez-gestação semana a semana-gravidez na adolescencia-gravida-gravidez

Logo conhecerá essa sensação entre a 20ª e a 24ª semanas de gestação, quando o útero já se projeta no abdômen, próximo à região do umbigo. Antes desse período, até a 12ª semana, o órgão fica na altura do osso púbico e impossibilita que a mãe perceba a movimentação da criança. Mas não se engane: seu filho está se mexendo desde o início da gravidez!
 (É bem estranho né? Como pode isso?)

É normal que, na primeira gestação, o chute seja confundido com gases – comuns nas semanas iniciais por causa das alterações no funcionamento do intestino. (Demorei pra perceber que era minha filha mexendo)
“Se a mulher estiver na segunda gravidez, consegue identificar o movimento do bebê mais cedo, por volta da 17ª ou 18ª semana. Ela se lembra do que sentiu com o primogênito”, explica Karina Zulli, obstetra do Hospital e Maternidade São Luiz (SP).

Se você for mãe de primeira viagem, pode ficar insegura e pensar que seu bebê não está mais se mexendo no útero. Mas não fique comparando o “padrão de chutes” com o de suas amigas grávidas: cada bebê se comporta de uma forma. Para ficar mais segura, converse com o obstetra – se for o caso, ele pode pedir um ultrassom, que mostrará se está tudo bem com o seu filho. 

Aos poucos, você perceberá em que período do dia a criança se mexe mais. “Algumas mães acreditam que seja à noite. (Minha filha mexia muito durante a noite) Mas pode ser impressão: ela está mais relaxada e concentrada no próprio corpo. Durante o dia, os afazeres fazem com que ela não preste tanta atenção”, afirma a obstetra. E existe um fator genético que determina se o bebê é mais calmo ou agitado. Após ter dois filhos, é possível comparar o comportamento de cada um na sua barriga.

O monitoramento que você deve fazer é perceber se o bebê chutou sua barriga pelo menos uma vez nas últimas quatro horas. Caso tenha dúvidas, há dicas que podem estimular os movimentos no útero, para que você tenha a certeza de que está tudo bem com o seu filho. Deite sobre o lado esquerdo do corpo, para melhorar a oxigenação da placenta, e coma algo doce – o chocolate, por exemplo, tem absorção mais rápida pelo organismo e chegará rapidamente à criança. Espere 40 minutos: caso não sinta nenhum chute, fale com o seu médico.(Rsrsss toda vez que eu comia chocolate minha filha dava pulos dentro da minha barriga, as vezes dava até "gastura", meu marido filmou uma vez vou procurar pra ver se encontro o vídeo.) 


pregnancy step by step pictures-babies-bebe-bebe fetal-development-all about pregnancy, pregnancy week by week pregnancy, adolescence-pregnant-pregnancy-paso a paso el embarazo imágenes-bebés-bebe bebe fetal-desarrollo-todo sobre el embarazo, el embarazo semana a semana de embarazo, la adolescencia-embarazada-embarazo-Schwangerschaft Schritt für Schritt Bilder-Babys-bebe-bebe-fetale Entwicklung, alles über Schwangerschaft, Schwangerschaft Woche für Woche der Schwangerschaft, Jugend-schwanger-Schwangerschaft

Aproveite essa fase da gravidez tão inesquecível, afinal o momento em que o bebê se mexe fortalece ainda mais o vínculo dele com você: apesar de já ter visto os ultrassons e até escutado o coração do bebê bater, você se reassegura da presença dele. E o pai da criança também se sentirá mais ligado a ela. A partir da 24ª semana, a audição do feto já está  desenvolvida e a voz grave dos homens se propaga mais facilmente pelo líquido amniótico. Ou seja, o bebê aprende a reconhecer o pai ainda no ventre e é comum dar uns chutes nessa hora. Por isso, quando o seu companheiro estiver em casa, estimule-o a parar um pouquinho e conversar com o bebê. É um momento importante para os dois, acredite!
Meu esposo vivia conversando e minha filhota e ela retribuía o carinho com chutes, as vezes eu cantava e ela nada, era só chamar o esposo ele conversava com ela e os chutes já começava, era tão bom.

Fonte: Revista Crescer

Gostaram da matéria? 
Deixe seu comentário logo abaixo e não  esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.

Beijinhos!



Um comentário:

  1. Oi Núbia, adorei sei cantinho!!
    Ah este post me fez relembrar os chutes... que delícia!
    No início são quase que imperceptíveis, achava que não identificaria, mas sim, percebi e foi uma grande emoção, bjss
    http://prosademae.blog.br/

    ResponderExcluir

Siga o Instagram

Flickr