sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Descubra o que o bebê sente quando a mãe faz ‘amor’ na gravidez



Com certeza você já deve ter parado pra pensar, se quando uma mulher está grávida e faz sexo o bebe não sente a penetração. Muitas mães de primeira viajem tem medo de fazer sexo durante a gravidez pois pensa que pode machucar o bebê. Mas hoje viemos esclarecer essa questão para vocês.


sexo, gravida, gravidez,amor,filhos,moda gestante,modainfantil, enxoval de bebe, parto,gestação

Essa história que o sexo pode machucar o bebê ou trazer algum risco para ele não passa de um mito, pós além da musculatura uterina, o feto também está protegido pelo saco gestacional, uma espécie de bolsa que abriga a criança e o líquido amniótico. Então, não existe motivos para ter receio de fazer sexo durante a gravidez. Outra dúvida muito frequente de muitas pessoas é se o bebê pode sentir o orgasmo da mãe e o obstetra José Bento Souza, traz essa resposta. Ele diz: “Ao atingir o clímax, o organismo libera na corrente sanguínea a endorfina, substância que gera sensação de bem-estar. É evidente que, embora ele não diferencie um orgasmo de, por exemplo, um banho relaxante da mãe, o bebê também pode se sentir bem”.


sexo, gravida, gravidez,amor,filhos,moda gestante,modainfantil, enxoval de bebe, parto,gestação



Muitas pessoas também se perguntam oque exatamente o bebê sente durante o sexo, os especialistas tem uma teoria, pois nunca foi feito um estudo que falasse que o bebe sente algo durante o ato do sexo. Eles dizem que os movimentos bruscos feitos pela mãe podem ser sentidos pelo bebê que acaba se mexendo também por estar dentro da sua mãe.

E é por isso que posições menos estáveis podem ser melhores durante a gravidez. Outra curiosidade é que o batimento cardíaco da mãe também causa uma sensação diferente para o feto. “Com os batimentos acelerados, a tendência é que a região genital e uterina receba mais sangue e isso gere algumas contrações.

Mas em gestações de baixo risco isso não é nenhum problema porque o corpo é esquematizado para contornar essas contrações sem nenhum prejuízo para a continuidade da gravidez”, afirma a obstetra Flávia.

Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o Instagram

Flickr