segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Diabetes gestacional o que é? Quais os sintomas e o tratamento

Diabetes gestacional 

Alguns cuidados especiais são extremamente necessários com as gestantes, e um deles é sobre a diabetes gestacional. Se você não sabe o que é, aqui vamos esclarecer várias dúvidas sobre esse tema, os cuidados necessários e o tratamento
diabetes-gestacional-gravidez-gestação-maternidade-gravida-família-filhos-saúde-diabete gestacional
Diabetes gestacional 

O que é diabetes gestacional?


A diabete gestacional é um tipo de diabete que é reconhecida primeiramente na gestação, geralmente no 3º trimestre, sendo caracterizada por hiperglicemia, que é o aumento das concentrações de glicose no sangue e pode ocorrer em aproximadamente 4% das gestantes.
Ela pode se sessar logo após o parto, mas toda gestante que apresente essa diabetes têm o risco de desenvolver diabetes mellitus tipo 2 (que é uma doença crônica que também afeta o metabolismo da glicose) nos próximos 10 ou 20 anos, além de sofrer com a diabetes gestacional em outras gestações.

Quais são os sintomas da diabete gestacional?


Os sintomas não são muito específicos e nem sempre são percebidos pela gestante, pois a maioria são alterações normais na gestação, então o melhor é fazer um acompanhamento médico e checar a glicemia pelo menos três vezes durante a gestação, começando por volta da 20ª semana.

Os sintomas se resumem a:
. Muita fome e sede.
. Ganho de peso acima do normal.
. Aumento na frequência urinária.
. Cansaço extremo.
. Inchaço em pernas e pés.
. Visão turva.
. Candidíase e cistite frequente.

Existe tratamento?

O tratamento da diabetes gestacional é feito à base de dieta com baixos níveis de açúcares (como frutas com casca e menor quantidade de carboidratos), juntamente com atividade física moderada.

Em casos graves onde a hiperglicemia é muito superior, o tratamento é feito com hipoglicemiantes orais ou insulina fazendo os níveis de glicemia se normalizarem. Além disso, quando diagnosticado, é necessário fazer um acompanhamento para monitoração.

Lembrando que o diagnóstico e o tratamento devem ser realizados restritamente pelo médico responsável, pois existem medicamentos que não devem ser utilizados pelas gestantes.

- Fatores de risco
. Mulheres acima de 25 anos
. Mulheres obesas ou que já tenham uma intolerância a açúcares
. Histórico familiar de diabetes
. Gestação anterior com presença da diabetes gestacional
Mesmo que a gestante seja mais nova ou com peso normal, é possível ter a diabetes gestacional pelas alterações hormonais que ocorrem na gestação.

Como posso prevenir a diabete gestacional?

Ela nem sempre pode ser prevenida pois têm uma relação muito forte com as alterações hormonais que ocorrem na gestação. Mas com alguns cuidados pode-se diminuir esse risco:
. Se manter no peso ideal antes da gravidez.
. Realizar o pré-natal de maneira correta.
. Manter o ganho de peso normal e esperado para uma gestante.
. Ter uma alimentação saudável, se possível com acompanhamento de nutricionista.
. Realizar atividades físicas.

É importante ressaltar que mesmo que você seja uma pessoa saudável e fora dos fatores de risco, é necessário que você faça um acompanhamento com um médico, para que problemas como esse sejam diagnosticados o quanto antes e tratados. A fim de evitar complicações e extensão deste problema.
Fonte: Carvalho Baby

Veja também:

soninho do  bebê

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ola obrigada pela sua visita
Deixe seu comentário

Veja também 👇👇
Os primeiros cuidados com o bebê recém-nascido

Atualizações do Instagram

Topo