sexta-feira, 29 de março de 2019

Pressão alta na gravidez, o que você deve saber

Quando a maioria das gravidas pensam  em pressão alta, uma das primeiras coisas que podem vir à mente é a pré - eclâmpsia .


 E enquanto a pré-eclâmpsia é uma condição de pressão arterial que afeta mulheres grávidas e, às vezes, no pós-parto, há muito mais a ter pressão alta do que você imagina.
 pressão alta na gravidez-pressao alta na gravidez- pressão alta na gravidez sintomas-pressão alta na gravidez sintomas-qual sintomas de pressão alta na gravidez-gravidez
 pressão alta na gravidez

A hipertensão gestacional é uma complicação que acompanha entre 5 e 7% das grávidas brasileiras.
​A pressão alta na gravidez surge quando a pressão arterial está acima de 140/90 mmHg, especialmente em mulheres que nunca tiveram aumento da pressão arterial, podendo causar dores na nuca, dor na barriga, visão embaçada ou inchaço do corpo.

O que é considerado pressão alta durante a gravidez?

A pressão sanguínea (a força do sangue que empurra as paredes das artérias) é um dos sinais vitais mais rigorosamente monitorados durante a gravidez e após o parto.

 E por uma boa razão: se a sua pressão arterial ficar muito alta, isso pode colocar um estresse extra em seu corpo, levando a problemas de saúde para você e para seu bebê.

Causas e tipos de pressão alta na gravidez

Os pesquisadores ainda estão perplexos quanto às causas exatas da pressão alta durante a gravidez. E embora algumas mulheres passem a gravidez já com pressão alta, outras a desenvolvem em algum momento das 40 semanas de gravidez .

Existem quatro tipos de pressão alta na gravidez:
 pressão alta na gravidez-pressao alta na gravidez- pressão alta na gravidez sintomas-pressão alta na gravidez sintomas-qual sintomas de pressão alta na gravidez-gravidez-pressão alta na gestação-	pré-eclâmpsia em gravidez
 pressão alta na gravidez

Hipertensão gestacional

Hipertensão gestacional é a hipertensão arterial que se desenvolve após 20 semanas de gravidez . Geralmente causa apenas um pequeno aumento na pressão sanguínea, mas em certos casos pode ser mais grave. Não há sinais de pré-eclâmpsia, como proteína na urina ou sinais de outros danos nos órgãos. A hipertensão gestacional desaparece depois que você dá à luz.

Hipertensão crônica

 A hipertensão crônica é a pressão alta que você tem antes de engravidar ou que se desenvolve antes das 20 semanas de gravidez. Ao contrário de outros tipos de pressão alta, ela não desaparece depois que você dá à luz, mas pode ser controlada.

Hipertensão crônica com pré-eclâmpsia sobreposta.

 Esta condição ocorre quando a hipertensão crônica leva à pré-eclâmpsia. Ela se desenvolve em mulheres que tiveram hipertensão crônica antes de engravidar e, em seguida, desenvolvem agravamento da hipertensão arterial e sintomas
 de pré-eclâmpsia, como proteína na urina.

Pré-eclâmpsia

A pré - eclâmpsia é uma condição de pressão arterial que ocorre após a 20ª semana de gestação e envolve leituras de pressão sanguínea elevadas em conjunto com possíveis sinais de danos em outros órgãos, como o fígado e os rins.

Sintomas da pressão alta na gravidez

É difícil perder muitos dos sintomas da gravidez. (Estamos olhando para você, tornozelos inchados e ânsias de bolinhos às 10 da noite!) Mas os sinais de hipertensão durante a gravidez nem sempre são tão óbvios.

Os sintomas de pressão alta na gravidez variam de leve a grave e incluem:

Leitura de pressão arterial elevada
Seu médico verifica sua pressão arterial a cada consulta do pré-natal por um motivo; já que muitas vezes você não se sentirá diferente, fazer a leitura da pressão arterial é a única maneira verdadeira de saber se você está desenvolvendo a hipertensão. 

Sintomas pré-eclâmpsia. Estes podem incluir:

* Proteína na sua urina 
* Dores de cabeça severas
* Alterações na visão (visão turva, visão de pontos, sensibilidade à luz)
* Falta de ar
* Dor abdominal superior, muitas vezes sob as costelas do lado direito.

Não espere se tiver algum destes sintomas e sinta que algo pode não estar certo - vale sempre fazer uma visita ao seu médico para fazer o check-in.

Riscos da hipertensão arterial durante a gravidez

Embora possa ser difícil pensar nos riscos para você ou seu bebê se você for diagnosticado com hipertensão durante a gravidez, a boa notícia é que muitos deles podem ser evitados com o gerenciamento e tratamento corretos da pressão arterial.

Riscos da pressão alta durante a gravidez para a mulher incluem:

* Dano ao órgão
* Doença cardiovascular futura
* Abrupção placentária

Os riscos para o bebê incluem:

* Diminuição do fluxo sanguíneo para a placenta
* Restrição de crescimento
* Parto prematuro

Como prevenir a hipertensão durante a gravidez

Pode parecer óbvio, mas cuidar de você é uma das melhores maneiras de cuidar do seu bebê durante e após a gravidez, inclusive quando se trata de prevenir a pressão alta.

Uma das causas da pressão alta na gravidez pode ser o excesso de peso. Veja se você está engordando direitinho na gravidez.

Embora não exista uma maneira infalível de prevenir a pressão alta, acompanhar suas consultas de pré-natal e manter-se o mais saudável possível por meio de dieta e exercícios são duas coisas importantes que você pode fazer para evitar a hipertensão.

Como a pressão arterial alta nem sempre apresenta sintomas óbvios, é importante nunca perder um exame pré-natal ou pós-natal para que seu médico possa acompanhar as leituras de pressão sanguínea com o tempo e ficar atento a qualquer sinal vermelho.

E embora certamente não haja nada de errado em ter um biscoito (ou dois ...) durante a gravidez, faça o possível para ter uma dieta saudável e equilibrada o máximo que puder.

Comer bem e manter-se ativo pode ter um impacto extremamente positivo, não apenas na pressão arterial, mas também em você e no bebê.

Se você tiver uma pressão alta durante a gravidez, há tratamentos disponíveis, desde medicamentos para pressão arterial até um monitoramento maior, você e seu médico podem discutir para ajudar a manter você e o bebê saudáveis.
soninho do  bebê

0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ola obrigada pela sua visita
Deixe seu comentário

Veja também 👇👇
Os primeiros cuidados com o bebê recém-nascido

Atualizações do Instagram

Topo