Cantinho Infantil da Mamãe
quarta-feira, 17 de abril de 2019

Jovem é curado de grave lesão no cérebro e médicos dizem que foi obra de Deus


Jovem é curado de grave lesão no cérebro e médicos dizem que foi obra de Deus

O testemunho de fé de Cole Burton é mais que desafio à ciência. 
Fé-espiritualidade-Deus-resiliencia-esperança-cura-curado-jovem

Após sofrer um grave acidente, ele sofreu uma lesão no cérebro que, segundo os médicos, deveria ter lhe deixado em estado vegetativo pelo resto da vida. 
No entanto, algo surpreendente aconteceu. 
Burton é um militar de 21 anos, estudante de geologia na Universidade de Auburn, Estados Unidos. 
Sua vida mudou repentinamente quando ele estava com outros amigos examinando rochas ao longo de uma estrada. 
Um carro dirigido por um motorista embriagado atropelou Burton e um dos seus amigos, Nick Hood, que morreu pouco tempo depois, segundo informações da emissora americana Fox News.

Levado para o hospital, Burton foi diagnosticado com uma grave lesão cerebral e seu prognostico não foi nada bom. 
Charlie Burton, pai do rapaz, disse que naquele momento lembrou do versículo que está em Efésios 3:20, que diz que Deus “é capaz de fazer infinitamente mais”.

“Contra circunstâncias avassaladoras, esse versículo nos deu coragem de pedir a Deus por um milagre. 
Ficamos humildes pelo fato de algumas pessoas não experimentarem a cura. 
Há coisas que nunca entenderemos, mas no momento essa foi a nossa fé, que Deus é capaz”, lembra o pai.

De fato, a fé da família em Jesus Cristo foi fundamental para que Deus operasse na vida de Burton, porque contrariando às expectativas da medicina, o rapaz começou a se recuperar, sendo curado da lesão cerebral.

Fé-espiritualidade-Deus-resiliencia-esperança-cura-curado-jovem

“A maioria dos pais só tem o privilégio de ver o filho andar pela primeira vez uma vez. Agora, já vimos isso pela segunda vez”, disse Charlie. 
Seu filho, Burton, testemunhou o que ouviu dos próprios médicos a respeito do seu estado:

“Meus médicos me disseram que a ciência não pode explicar minha recuperação”, disse ele. “Eles me disseram que Deus tem algo a ver com isso”.

Atualmente Burton faz fisioterapia todos os dias e já pretende retornar aos estudos em setembro. 
A sua vida se tornou um exemplo de superação e fé para toda a família.

Fé-espiritualidade-Deus-resiliencia-esperança-cura-curado-jovem

“Minha esposa e eu vemos os pequenos milagres que acontecem todos os dias. Isso te rouba completamente a capacidade de reclamar sobre a maioria das coisas com as quais nos preocupamos hoje”, disse Charlie.

Fonte: Gospel+

Veja Também:





soninho do  bebê

A Vida é Bela: um filme sobre a superação de adversidades

 A Vida é Bela é provavelmente o filme italiano mais reconhecido e aclamado internacionalmente.
A-vida-é -linda-um-filme-sobre-a-superação-de-adversidades-a-vida-é-bela-filme
A Vida é Bela: um filme sobre a superação de adversidades

 O roteiro, a trilha sonora e as interpretações dos atores fazem dele um filme inesquecível, capaz de ir do riso às lágrimas e transmitir uma infinidade de emoções. Em suma, uma obra-prima do cinema carregado de mensagens, dirigido e estrelado por Roberto Benigni em 1997.



Este filme é inspirado na história de Rubino Romeo Salmoni, um sobrevivente de Auschwitz que narra sua experiência nesse livro. O filme é sobre a história de Guido Orefice, um judeu-italiano que se muda para Arezzo para trabalhar no hotel de seu tio. Logo, ele vai encontrar Dora, uma professora de uma família rica, semelhante ao regime fascista. Guido fará todo o possível para conquistar Dora, ele sempre aparece inesperadamente e tentará surpreendê-la de todas as formas possíveis.

Finalmente, o amor entre os dois triunfa e eles têm um filho, Giosué; Guido parece sorrir para a vida. No entanto, a Segunda Guerra Mundial fará com que sua vida inteira desmorone e acabe em um campo de concentração.

A vida é bela, nos leva a uma Itália submersa no fascismo e nos leva aos horrores dos campos de concentração. Ele faz isso de uma maneira diferente, ele nos apresenta essa história como uma espécie de conto com um final amargo.

A vida é bela, do cômico ao trágico

A vida é bela começa em um tom alegre, divertido e engraçado; De fato, por causa de suas primeiras cenas, dificilmente podemos adivinhar que estamos diante de um drama, embora tenhamos visto a ascensão do fascismo na Itália desde o início.

A-vida-é -linda-um-filme-sobre-a-superação-de-adversidades-a-vida-é-bela-filme-a-vida-é-bela
A Vida é Bela: um filme sobre a superação de adversidades
A ideologia fascista que prevaleceu na época fez que em 1938 fosse publicado o Manifesto da raça, texto assinado por cientistas italianos que endossavam a existência de raças humanas superiores. Essas raças foram divididas em pequenas e grandes raças, onde a ária era, naturalmente, a grande raça. Essas ideias, juntamente com as leis raciais fascistas, foram explicadas nas escolas e, assim, as crianças evitariam se unir aos judeus para não alterar sua “pureza”.

É possível que um judeu desrespeite essas leis raciais? É possível a um judeu desmantelar toda uma teoria fascista de cada vez diante de um grupo de crianças? Sim, é, pelo menos, na vida é bonita.





Guido finge ser um inspetor do ministério que deve oferecer uma conversa com as crianças sobre o Manifesto da raça. Na verdade, Guido quer chamar a atenção de Dora, mas o que a cena mostra é que somos todos iguais.

Guido aponta seu umbigo como um autêntico umbigo italiano, suas orelhas, etc. As crianças, quando veem, imitam e riem. Assim, Guido consegue desmistificar essas diferenças para o manifesto apelando porque ele é judeu e não tem nenhuma característica física que o distingue de essas crianças italianas “puramente arianas”.

Esta cena certamente nos traz todo um sorriso, mas é um sorriso amargo quando se considera o verdadeiro significado que eu tinha que falar, o que essas crianças suposto ouvir uma palestra sobre Senhor das raças humanas.

Guido zomba de todas essas crenças, desmantela toda a ideologia racista com comentários espirituosos e engraçados. É um personagem que nos conquista desde o início, é despreocupado, muito criativo e sua luta para conquistar Dora nos fascina. Nada impede, nem mesmo o fascismo.



A vida de Guido e sua família é truncada pelo Holocausto, Guido sai com seu filho e tio para um campo de concentração. Dora, sendo italiana e não judia, não é obrigada a ir, mas decide sair voluntariamente para tentar ficar com sua família.

A partir deste momento, o filme toma um rumo radical, o tom alegre e despreocupado caminha para a tragédia. Mas Guido não perde o sorriso por um momento, sempre tenta lutar por sua sobrevivência e a de sua família e começa a inventar uma história que evita o sofrimento do pequeno Giosué.


guido-con-su-familia-a-vida-e-bela
A Vida é Bela: um filme sobre a superação de adversidades

A luta e sacrifício de Guido

Uma frase, uma crença ou uma ideia podem fazer o mundo de uma pessoa mudar completamente, que a nossa maneira de ver a vida é transformada e que tudo faz sentido. Ferruccio, amigo de Guido, conta a ele no início do filme que, segundo Schopenhauer, “com a vontade você pode fazer tudo”. Esta frase marcará Guido para sempre. No início, ele vai usá-lo comicamente, mas com o tempo, percebemos que será o seu modo de vida.


A-vida-é -linda-um-filme-sobre-a-superação-de-adversidades-a-vida-é-bela-filme

Guido tem um propósito, ele quer sobreviver, mas, acima de tudo, ele quer que seu filho faça isso. Ele lutará até o fim, tentando impedir que seu filho perca seu sorriso, seja feliz no inferno. Ele sacrificará sua própria segurança para que seu filho não veja os horrores do campo de concentração, ele fará todo o possível para encontrar Dora e enviar sinais para que ele saiba que ainda estão vivos.

Guido é um exemplo de luta e superação de adversidades. Sua grande imaginação e vontade criarão uma falsa realidade para que seu filho não tenha consciência do que está vivendo. Isso fará você acreditar que tudo é um jogo, que eles são gratuitos e podem sair quando quiserem, mas se eles resistirem e conseguirem ganhar mil pontos, eles terão sua recompensa. Por outro lado, Giosue sempre sonhou em ter um tanque real, portanto, Guido vai fazer você acreditar que o prêmio será que e, portanto, acreditamos em Giosué a vontade de viver.

Guido não sabe se eles vão sobreviver, não sabe quanto tempo eles devem permanecer no campo, mas o seu desejo de sobreviver é mais forte do que qualquer incerteza. Ela não deixa seu filho o ver devastado, triste ou não querendo viver. A vida é bela mostra-nos que a felicidade às vezes é a nossa maneira de encarar a vida, para aceitar e lidar com a adversidade.

Apesar da grande destruição que ocorreu nos campos de concentração, também houve sobreviventes, pessoas que conseguiram enfrentar a tortura, a fome e a injustiça. Um exemplo disso é o psiquiatra Viktor Frankl que, depois de a sua sobrevivência num campo de concentração, publicado Em Busca de Sentido.

A Vida É Bela é um exemplo de excelência, nos faz ver a beleza em horror e liberdade, mesmo onde ela não existe, nos faz rir e chorar … Guido tinha uma razão, uma vontade e conseguiu criar esse sentimento em seu filho. Assim, apesar da crueza do filme, podemos dizer que a sua luta e seus esforços foram recompensados.
soninho do  bebê

Estratégias para melhorar sua saúde emocional

Estratégias para melhorar sua saúde emocional


As pessoas emocionalmente saudáveis têm o controle sobre suas emoções e seu comportamento. 
Além disso, elas são capazes de enfrentar os desafios da vida, construir relacionamentos fortes e se recuperar dos fracassos.

motivação-auto-ajuda-resiliencia-saude

Mas da mesma forma que é necessário esforço para se ter uma boa saúde física, também é preciso um grande empenho para se obter uma boa saúde mental e emocional. Melhorar a saúde emocional pode ser uma experiência gratificante e benéfica em todos os aspectos da vida.

O que é a saúde emocional?

A saúde emocional ou saúde mental é o bem-estar psicológico em geral. Isso inclui a forma de se sentir em relação a si mesmo, a qualidade das relações e a capacidade de controlar os sentimentos e de enfrentar as dificuldades.

A boa saúde emocional não é apenas a ausência de problemas de saúde mental. Estar mentalmente ou emocionalmente saudável é muito mais que estar livre da depressão, ansiedade ou outros problemas psicológicos.
motivação-auto-ajuda-resiliencia-saude


A saúde mental e emocional se refere a presença de características positivas, como autoconfiança, capacidade de lidar com o estresse e se recuperar de uma adversidade, amor pela vida, capacidade de rir e se divertir, capacidade de construir e manter relações satisfatórias e flexibilidade para aprender coisas novas e se adaptar às mudanças, entre outras.

Essas características positivas da saúde emocional nos permitem participar da vida de maneira plena através de atividades importantes e relacionamentos sólidos. 
Além disso, essas características positivas também nos ajudam a encarar os desafios e as tensões da vida.

O papel da resiliência na saúde emocional

Estar emocionalmente saudável não significa não passar por maus momentos ou nunca experimentar problemas emocionais. 
A diferença é que as pessoas com boa saúde emocional têm uma grande capacidade de se recuperar das adversidades, do trauma e do estresse. Essa capacidade é conhecida como resiliência. 
As pessoas que estão emocionalmente saudáveis têm as ferramentas para encarar situações difíceis e manter uma atitude positiva.

Um dos fatores chave da resiliência é a capacidade de equilibrar o estresse e as emoções. A capacidade de reconhecer as emoções e expressá-las adequadamente ajuda a evitar que você fique preso na depressão, ansiedade ou outros estados de ânimo negativos. 
Outro fator chave é ter uma rede de apoio forte. Ter ao seu lado gente de confiança para ajudar na busca de incentivo e apoio aumentará a capacidade de recuperação em tempos difíceis.

A saúde física se conecta com a saúde
mental e emocional

Cuidar do corpo é muito importante para ter uma boa saúde emocional. Você sabe: 
mens sana in corpore sano. 
Quando se melhora a saúde física, automaticamente é possível notar um bem-estar mental e emocional maior. 
É que o exercício não apenas fortalece o coração e os pulmões, mas também libera endorfinas, substâncias químicas poderosas que nos dão energia e elevam nosso estado de ânimo.
motivação-auto-ajuda-resiliencia-saude


Descansar adequadamente, manter uma boa alimentação, fazer exercícios, receber luz solar natural e evitar o consumo de álcool, tabaco e drogas é o básico para iniciar o caminho rumo a uma boa saúde física. Para melhorar a saúde mental você deve cuidar de si mesmo.

Para manter e reforçar a sua saúde mental e emocional é importante prestar atenção às suas próprias necessidades e sentimentos. Não deixe que o estresse e as emoções negativas se acumulem. Trate de manter um equilíbrio entre suas responsabilidades diárias e as coisas de que você gosta. Se você cuida de si mesmo, estará mais preparado para enfrentar os desafios quando eles surgirem.

Cuidar de si mesmo quer dizer realizar atividades que liberem endorfinas de forma natural e que ajudem você a se sentir bem. Além do exercício físico, as endorfinas também são liberadas naturalmente nos seguintes casos:

·         *Ao fazer coisas boas para os outros e ser útil para as outras pessoas

·         *Ao praticar a autodisciplina e o autocontrole

·         *Quando aprendemos coisas novas
· desfrutar da beleza, da natureza e da arte

·         *Ao controlar adequadamente o seus níveis de estresse

·         *Realizando atividades criativas

·         *Reservando um tempo e um espaço para as atividades de lazer

Fonte: Resilienciamag

Veja Também:






soninho do  bebê

Brinque com seus filhos enquanto eles querem brincar com você.


Brinque com seus filhos enquanto eles querem brincar com você.

maternidade-filhos-brincar-brincadeira-mãe-pais-filhos


Alerta importante!!!

Brinque com seu filhos enquanto eles querem brincar com você
Quando minha filha fez cinco anos, no meio de uma brincadeira inocente, ela disse que gostava mais do papai do que de mim. Perguntei:



– “Porquê? Eu sou tão legal e sempre cuido bem de você”.

Ela respondeu:

– Porque você trabalha muito e tem pouco tempo para brincar comigo.

Foi como se tivesse recebido um soco no estômago. Quase não dormi aquela noite. Fiquei horas rolando na cama, pensando que ela tinha razão. Nos últimos meses tive muito trabalho extra a fazer. Foram muitos os dias que tive que ficar até mais tarde na empresa. E quase incontáveis dias que levei trabalho para casa. 
Sabe quando você está em casa, mas fica o tempo todo com o celular na mão? Então, era eu.



O celular é um vício incrível. Acho que ainda não aprendemos a lidar com ele. Tipo criança quando ganha um brinquedo novo e por um tempo só quer saber dele.

A humanidade como um todo não sabe lidar com o celular.

brinque com seus filhos

Imagine: – Quantas horas eu troquei a companhia dos meus filhos para ficar resolvendo problemas do trabalho? 
Ou até mesmo navegando na internet as vezes… Resolvi que tinha que mudar.

No outro dia conversei com meu chefe. Nada mais de horas extras, nada mais de responder mensagens do trabalho em casa, pelo menos das 18 as 22, que é o horário que posso estar com as crianças. Não poderiam mais contar comigo nestes horários.

Fiquei com medo de ser mandada embora, despedida, é claro. Mas o que aconteceu foi justamente o contrário. Meu chefe entendeu perfeitamente e aprovou minha atitude. Disse que ele também tinha crianças pequenas e achava que deveria tentar implementar o que eu estava sugerindo na casa dele também.



Resultado: Após aquele dia, me transformei em outra mãe. Brinquei todos os minutos possíveis com meus filhos e sei que deixei uma bela lembrança para eles. E por incrível que pareça, apareceu um resultado inesperado no fim do mês.

Antes eu não reparava, porém gastava muito dinheiro em brinquedos para as crianças. Elas sempre tiveram tudo o que eu nunca tive na infância. Acho que instintivamente e sem perceber, eu usava o dinheiro para tentar compensar as horas que não estava presente. Ou seja, trabalhava muito com horas extras para ganhar dinheiro que eram gastos em brinquedos.

Hoje isso mudou completamente. Eu sou o maior brinquedo das crianças. Elas nunca mais pediram todos aqueles brinquedos que viram nos comerciais de TV. Ou seja, o meu dinheiro das horas extras não veio mais, entretanto, o dinheiro que tenho no fim do mês é o mesmo.

Incrível, não é?


Veja Também:


soninho do  bebê

Imagem que vale mil palavras: Mãe publica mensagem motivadora sobre pós-parto

O corpo feminino passa por muitas mudanças, mas é na gravidez que essas mudanças se intensificam principalmente nas alterações hormonais. Nesse período em que o bebê está se desenvolvendo, no aspecto físico, a mulher tem aumento no volume dos seios, ganha peso, aumenta o quadril e, claro a barriga. Para tudo voltar à condição anterior a gravidez, é preciso tempo, não dá para mudar da noite para o dia, pois se trata da recuperação do organismo como um todo.
Imagem-que-vale-mil-palavras-mãe-publica-mensagem-motivadora-sobre-pós-parto-maternidade-como-lidar
IMAGEM QUE VALE MIL PALAVRAS: MÃE PUBLICA MENSAGEM MOTIVADORA SOBRE PÓS-PARTO

Não são poucas as mulheres que apresentam ansiedade após o parto, querendo se restabelecer rápido, mas vai depender da genética, das condições em que foi a gestação, se é uma pessoa que antes de engravidar praticava atividade física, se conseguiu seguir as recomendações médicas e de um nutricionista para se alimentar bem sem ter muito ganho de peso.

Muitas novas mamães ficam indignadas quando estão diante do espelho observando a pele. Sim, tem pele que parece estar a mais no corpo, sobrando mesmo após ter sido esticada, as estrias também surgiram, mas tenham calma, aos poucos isso melhora.

Alexandra, uma mulher que deu a luz ao segundo filho, compartilhou no Instagram como se sentiu com sua própria imagem e como se viu no espelho. Ela precisou se aceitar, mas levou tempo para não sofrer ou evitar olhar para a barriga com excesso de pele. A intenção dela é dizer que ser mãe é maravilhoso, mas não pode deixar de mostrar, como fez ao postar uma foto da barriga, que há dois lados e que é preciso entender uma mulher quando tem depressão pós-parto.

Alexandra contou que foi difícil voltar a se achar bonita, entendendo as mudanças do corpo de maneira natural. Ao superar as dificuldades que teve de se olhar com carinho, se aceitando bem, essa mãe tomou a decisão de falar com outras mamães sobre a realidade para que também se aceitem. Nada é definitivo, se o corpo da mulher passa por tantas mudanças, uma delas é a fase pós parto, não precisa se assustar vai melhorar.

Veja também:

Teu filho te escolheu como mãe
Avós que cuidam dos netos são mais felizes
Sorvete de leite materno, faz bem
soninho do  bebê

Atualizações do Instagram

Topo