Cantinho Infantil da Mamãe
segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Veja os tipos de corrimento vaginal e o que eles dizem sobre sua saúde

Eis aqui uma "conversa" pertencente à categoria: tenho vergonha de falar disso. É comum ter vergonha de falar sobre o assunto? Sim, mas não falar sobre ele pode permitir uma série de doenças que poderiam ser evitadas facilmente.
Corrimento-Vaginal

Assim como diversos outros sintomas apresentados pelo nosso corpo, como coloração da pele, inchaço nos olhos, aumento ou diminuição da temperatura e corrimento nasal, o corrimento vaginal pode apresentar dicas de como está a saúde de uma mulher. Saber reconhecer essas dicas pode ser a chave para evitar a complicação ou até mesmo o surgimento de diversas doenças. Para isso explicaremos abaixo quais os tipos de corrimento vaginal e o que eles dizem sobre sua saúde.

Quais os Tipos de Corrimento Vaginal e o que Eles Dizem Sobre Sua Saúde?

Antes de falarmos sobre os tipos de corrimento que anunciam algum tipo de doença ou infecção, falaremos aqui do corrimento vaginal normal, o qual como o nome sugere, faz parte do ritmo normal de produção do corpo de uma mulher.

O corrimento vaginal normal costuma ser branco, leitoso ou transparente, espesso e com odor fraco e é estimulado pelo estrogênio e, portanto, pode ter seu volume aumentado em períodos onde há maior estimulação hormonal, como na gravidez, uso de anticoncepcionais à base de estrogênios, no meio do ciclo menstrual, perto da ovulação ou dias antes da menstruação.

A maneira mais fácil de identificar um corrimento vaginal normal, é pela identificação da ausência de sintomas como irritação, como dor, ardência, vermelhidão ou comichão na vagina e/ou vulva.
Tipos de Corrimento Vaginal e o que Eles Dizem Sobre Sua Saúde

Agora falando sobre os tipos de corrimento vaginal anormal, existem alguns sintomas que devem ser receber a devida atenção, os quais são:

Corrimento marrom: o corrimento de cor marrom geralmente é aquele que contém sangue coagulado. Pode ser causado por restos da menstruação, traumas, infecções, corpo estranho, câncer ginecológico, implantação do embrião no útero nos primeiros dias de gravidez, atrofia vaginal ou gravidez ectópica.

Corrimento amarelado: o corrimento amarelado é geralmente sinal de infecção ginecológica, principalmente se acompanhado de mau cheiro, ardência ou coceira vaginal. A tricomoníase é talvez a principal causa deste tipo de corrimento, mas outras infecções também podem provocá-la, como gonorreia e clamídia.

Corrimento branco: o corrimento brancacento pode ser normal, principalmente se for fino e em pequena quantidade. Corrimento mais espesso e acinzentado, geralmente associado a sintomas irritativos, como coceira e dor vaginal, pode ser candidíase. Se houver cheiro forte, a vaginose é uma possibilidade.

Corrimento cinza esverdeado e espumoso: 

Você provavelmente obteve vaginose bacteriana, ou BV, que é uma infecção comum, mas desconfortável (não uma DST) causada por um desequilíbrio da flora normal, os microrganismos na vagina. Pode ser um pouco alarmante, mas a boa notícia é que isso geralmente é tratado com um antibiótico ou gel antibacteriano simples do seu médico. Se você é propenso a BV, nunca duche. E se abstendo de sexo pode ajudar a reduzir seu risco, mas certamente não é obrigatório! Apenas mantenha o risco de usar o uso de preservativos, pois algumas vezes o esperma contribui para criar um desequilíbrio na vagina.

Corrimento com cheiro: 
a vaginose e a tricomoníase são as principais causas de corrimento com cheiro forte.
Tipos de Corrimento Vaginal e o que Eles Dizem Sobre Sua Saúde

Corrimento cremoso: 

Não se preocupe. Alguns dias ou uma semana antes do seu período, você pode obter uma descarga mais pesada e mais cremosa. É diferente para diferentes mulheres, mas geralmente não tem motivo de preocupação.
Corrimento com traços de sangue: Você pode estar se preparando para o seu período. Mas se você está sangrando no meio ou parece um pouco afastado, isso poderia significar algo mais grave. Possíveis culpados podem incluir, mas não estão limitados a, sangramento revolucionário na pílula, infecções, pólipos, gravidez ectópica e gravidez. Conclusão: porque o alcance das possibilidades é tão amplo, é importante consultar seu médico se você não tiver certeza.

Corrimento grumoso e branco:
 Este é muito provável um sinal de uma infecção por fungos. Normalmente, é grosso, branco e provoca muita coceira que pode ser interna e externa. Felizmente, a maioria das infecções fúngicas são facilmente tratadas com medicação sem receita médica que seu médico pode prescrever. Para as mulheres propensas a infecções fúngicas, é recomendável evitar produtos de higiene pessoal bem perfumados, além de sair de roupas de banho molhadas e roupas de banho imediatamente. (Adoradores quentes de ioga, estamos olhando para você.) Outra dica: Comando indo, especialmente à noite. Isso permite que toda a área se solte um pouco.

Corrimento aquoso:

 O herpes pode ser a causa: as bolhas do herpes podem provocar lágrimas de vez em quando, levando a uma descarga aquosa, semi-opaca e ocasionalmente sangrenta. Isso ocorre principalmente se você tem feridas por dentro. 
No entanto, o herpes tem muitos outros sintomas – incluindo que é doloroso. Portanto, se você tiver, você provavelmente vai saber que algo está errado sem precisar ver uma descarga aquosa”.

Corrimento mais pesado do que o habitual:
 Seu contraceptivo pode ser culpado. As causas mais comuns de uma descarga invulgarmente pesada são as pílulas anticoncepcionais e os DIU. Enquanto a descarga é clara ou branca e não tem mau cheiro, isso é normal e não há a necessidade de se preocupar. Ocasionalmente, uma descarga mais pesada resulta de uma reação alérgica ou sensibilidade a produtos químicos. (Pense: sentado em uma banheira quente com carga química ou tentando uma nova lavagem corporal). Esta reação não é perigosa, mas as mulheres devem limitar a exposição ao produto químico ofensivo no futuro para evitar irritações.

Corrimento mais leve do que o normal:
 Você pode estar se aproximando da “mudança de vida”. Realmente seco, mudanças atróficas na sua descarga podem indicar a perimenopausa (a fase de transição antes da menopausa) ou a menopausa. Além do volume mais leve, a descarga também pode tornar-se magra, aquosa e um pouco desconfortável. 
Normalmente, a perimenopausa não começa até a década de 40, mas pode começar nos 30 ou mesmo antes.
Fonte: Opas

Veja também:

Diabetes gestacional o que é? Quais os sintomas e o tratamento

Diabetes gestacional 

Alguns cuidados especiais são extremamente necessários com as gestantes, e um deles é sobre a diabetes gestacional. Se você não sabe o que é, aqui vamos esclarecer várias dúvidas sobre esse tema, os cuidados necessários e o tratamento
diabetes-gestacional-gravidez-gestação-maternidade-gravida-família-filhos-saúde-diabete gestacional
Diabetes gestacional 

O que é diabetes gestacional?


A diabete gestacional é um tipo de diabete que é reconhecida primeiramente na gestação, geralmente no 3º trimestre, sendo caracterizada por hiperglicemia, que é o aumento das concentrações de glicose no sangue e pode ocorrer em aproximadamente 4% das gestantes.
Ela pode se sessar logo após o parto, mas toda gestante que apresente essa diabetes têm o risco de desenvolver diabetes mellitus tipo 2 (que é uma doença crônica que também afeta o metabolismo da glicose) nos próximos 10 ou 20 anos, além de sofrer com a diabetes gestacional em outras gestações.

Quais são os sintomas da diabete gestacional?


Os sintomas não são muito específicos e nem sempre são percebidos pela gestante, pois a maioria são alterações normais na gestação, então o melhor é fazer um acompanhamento médico e checar a glicemia pelo menos três vezes durante a gestação, começando por volta da 20ª semana.

Os sintomas se resumem a:
. Muita fome e sede.
. Ganho de peso acima do normal.
. Aumento na frequência urinária.
. Cansaço extremo.
. Inchaço em pernas e pés.
. Visão turva.
. Candidíase e cistite frequente.

Existe tratamento?

O tratamento da diabetes gestacional é feito à base de dieta com baixos níveis de açúcares (como frutas com casca e menor quantidade de carboidratos), juntamente com atividade física moderada.

Em casos graves onde a hiperglicemia é muito superior, o tratamento é feito com hipoglicemiantes orais ou insulina fazendo os níveis de glicemia se normalizarem. Além disso, quando diagnosticado, é necessário fazer um acompanhamento para monitoração.

Lembrando que o diagnóstico e o tratamento devem ser realizados restritamente pelo médico responsável, pois existem medicamentos que não devem ser utilizados pelas gestantes.

- Fatores de risco
. Mulheres acima de 25 anos
. Mulheres obesas ou que já tenham uma intolerância a açúcares
. Histórico familiar de diabetes
. Gestação anterior com presença da diabetes gestacional
Mesmo que a gestante seja mais nova ou com peso normal, é possível ter a diabetes gestacional pelas alterações hormonais que ocorrem na gestação.

Como posso prevenir a diabete gestacional?

Ela nem sempre pode ser prevenida pois têm uma relação muito forte com as alterações hormonais que ocorrem na gestação. Mas com alguns cuidados pode-se diminuir esse risco:
. Se manter no peso ideal antes da gravidez.
. Realizar o pré-natal de maneira correta.
. Manter o ganho de peso normal e esperado para uma gestante.
. Ter uma alimentação saudável, se possível com acompanhamento de nutricionista.
. Realizar atividades físicas.

É importante ressaltar que mesmo que você seja uma pessoa saudável e fora dos fatores de risco, é necessário que você faça um acompanhamento com um médico, para que problemas como esse sejam diagnosticados o quanto antes e tratados. A fim de evitar complicações e extensão deste problema.
Fonte: Carvalho Baby

Veja também:

sábado, 19 de janeiro de 2019

Receita do famoso bolo pega marido super fácil para você fazer na sua casa

Bolo pega marido 

bolo-pega-marido-receita-culinaria-doce-sobremesa-comida
Receita do famoso bolo pega marido 

1 lata de leite condensado
A mesma medida da lata de leite integral
1 vidro pequeno de leite de coco
A mesma medida da lata de farinha de trigo especial (ou comum)
1/2 medida da lata de açúcar
3 ovos grandes inteiros
3 colheres de sopa de margarina

Não vai fermento

MODO DE PREPARO

Bata todos tudo no liquidificador

Leve ao forno médio (200°C) até dourar, 30 a 60 minutos, depende do forno

Faça o teste do palito para retirar do forno

O bolo fica com consistência de uma queijada e é muito gostoso

Informações Adicionais

Dica: Para fazer uma cobertura leve ao fogo 1 vidro de leite de coco, 2 colheres de sopa de açúcar e 1 pacote de coco ralado. Deixe ferver e coloque quente sobre o bolo.

Obs.: A consistência não é a de um bolo comum.
O tempo de forno varia de acordo com o forno, pode ser de 30 a 60 minutos.

Fonte: Receitinhas da vovó
Vídeo: Receitas do papai
quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

O padrinho e madrinha, são importantes na vida da criança

Ser padrinho ou madrinha não é uma tarefa fácil. De fato, muitos aceitam essa tarefa, se sentem honrados, mas depois continuam as suas vidas como se nada tivesse acontecido.

O padrinho e madrinha, são importantes na vida da criança 

babies-bebês-criança-padrinhos-amor-familia-amigos-carinho-amor-bonito-maternidade-familia

Um padrinho e uma madrinha, no entanto, devem estar presentes na vida da criança para sempre, não apenas quando são pequenos.



A escolha dos pais não recai sobre uma pessoa qualquer, mas é uma longa decisão que é comunicada àqueles que são vistos como pessoas de confiança.

Por isso resolvemos mostrar aqui, as coisas mais importantes que os padrinhos e madrinhas devem fazer.

1. Eles devem estar presentes em todas as cerimônias e momentos importantes da criança, como comunhão, crisma e casamento.



2. É necessário saber como passar o tempo com a criança, tentando compartilhar momentos divertidos com ela, em base a sua idade. Além disso, devemos nos tornar exemplos a seguir.

De fato, não devemos esquecer que quanto menores eles são, mais imitam os seus entes queridos.



Portanto, é essencial que sejam exemplos válidos para serem imitados.
3. Será necessário apoiar os pais sempre que precisarem, em relação às necessidades da criança.

4. A ligação com a criança não pode ser cortada, mas mantida viva pelo maior tempo possível.

Em todas as fases da vida da criança, que então se tornará um adulto, será importante estar sempre presente, para ajudá-la em momentos de dificuldade, colocando-se à disposição dela e dos seus pais.



5. O padrinho e a madrinha também terão que se interessar pelo desenvolvimento escolar, desde a escola até a universidade.

 Curso shantala para bebês
Em resumo, o padrinho e a madrinha devem sempre ser pontos fixos na vida da criança durante todo o seu crescimento, até que ele se torne um adulto, capaz de sustentar a si mesmo.
babies-bebês-criança-padrinhos-amor-familia-amigos-carinho-amor-bonito-maternidade-familia
E mesmo nesse caso, o padrinho e a madrinha terão que continuar presentes na sua vida, consolando-o e aconselhando-o em momentos de necessidade.

Os padrinhos são como segundos pais.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Descubra o Segredo da Boa Forma e Nutrição na Gravidez

A gravidez e o momento do parto são dois dos maiores milagres da vida.  A maioria das mulheres, ao fazer a pergunta: “Qual foi o evento mais memorável de sua vida?” Muitas vezes citam a gravidez e parto. 
Segredos da Boa Forma e Nutrição na Gravidez

É como um dom de Deus. Simplesmente não há como negar as poderosas emoções que a gravidez e o parto pode criar nos pais.

No entanto, enquanto a gravidez é gloriosa e uma experiência gratificante, a dura verdade é que existe um aspecto de nutrição e condicionamento físico que não pode ser negligenciado.

Há também um outro lado desta moeda . A maioria das mulheres, muitas vezes acabam sentindo-se que a gravidez tem arruinado a sua figura bem torneada e a estrias têm desfigurado elas. 

Todo o peso que é ganho durante a gravidez pode ser perdido após a gravidez. Afinal de contas, é apenas gordura e essa gordura pode ser eliminada tranquilamente basta ter foco e força de vontade. Levará tempo para perder a gordura ... mas não precisa ter pressa. Com paciência e persistência, você pode definitivamente perder o excesso de gordura após o parto.

Descubra os Segredos da Boa Forma e Nutrição (dieta) antes e após a gravidez. Nesse e-book você ira encontrar exatamente os segredos de se manter em boa forma antes e Após a Gravidez. Exercícios recomendados para as GESTANTES fazerem suas atividades físicas. Guia nutricional com os melhores alimentos para serem consumidos durante a GRAVIDEZ, alimentos naturais indicados, que possuem valor nutricional que a gestante precisa. Também você ira encontrar uma tabela de vitaminas, de A a Zinco e quais fontes de alimentos naturais consumir para poder está conseguindo ingerir essas vitaminas, mais uma lista com 14 suplementos importantes que você deve consumir naturalmente através da boa alimentação. O que acontece com o seu corpo e o que fazer depois de você ter dado a luz, tudo isso em 6 incríveis capítulos desse maravilhoso E-book. 

Para adquiri basta clicar no site >>> (clique aqui )
Ou Clique na imagem abaixo ⇩⇩⇩


Veja também:

Atualizações do Instagram

Topo